top of page
  • Foto do escritorMCK Energia

Quadro de Disjuntores Residencial


O quadro de disjuntores residencial é obrigatório em todas as instalações elétricas, pois é onde se localiza os dispositivos de proteção de uma instalação elétrica residencial, industrial, comercial etc. O quadro de disjuntores residencial é responsável por armazenar e proteger os dispositivos de proteção, além da distribuição de todos os circuitos da instalação.


Podemos destacar que o quadro de disjuntores residencial também é conhecido por muitas pessoas como quadro geral, quadro de disjuntor e QDC (quadro de distribuição de circuitos). O quadro de distribuição pode ser encontrado em PVC ou metálico, nas residências o mais comum é em PVC, por ser mais barato. O QDC de ferro é mais usado em indústria e na montagem de comandos, tanto o quadro de distribuição de PVC quanto o metálico são encontrados de embutir e sobrepor.


 

Dispositivos de Proteção:


Os dispositivos de proteção são responsáveis por proteger sua residência de eventuais problemas como por exemplo, fuga de corrente elétrica, curto circuito e sobretensões. Os dispositivos responsáveis por essa proteção são disjuntor, DR (diferencial residual) e DPS (dispositivos de proteção contra surtos), são os principais componentes de um quadro de distribuição. os principais componentes de um quadro de distribuição são barramentos de neutro e aterramento, trilho tipo DIN, disjuntor, DR (diferencial residual) e DPS (dispositivos de proteção contra surtos). Existem outros componentes como por exemplo, contator, relé, multimedidor entre outros, mas que não são muito usados em residências.


 

Disjuntores:


Os disjuntores são dispositivos que protegem contra curto circuito ou sobrecarga, sendo fundamental para evitar acidentes e até mesmo incêndios. Existem diferentes modelos de disjuntores como por exemplo, DIN e NEMA, podendo eles serem monopolar, bipolar ou tripolar.

Os disjuntores também possuem como característica e fator fundamental para seu dimensionamento determinadas curvas, que definem a basicamente a sua aplicação, ou seja, as cargas que eles serão ligados como por exemplo, circuito de iluminação, tomadas, motores, ar-condicionado entre outras. As curvas dos disjuntores são B, C e D, e não existe disjuntores de curva A, um dos principais motivos é para não confundir com a unidade de medida da corrente elétrica, o Ampére.



 

Trilho:


O trilho Din é parecido com uma régua metálica, ele possui um formato que encaixa com os disjuntores do tipo Din. Quando estão encaixados no trilho, os disjuntores ficam disponíveis dentro do quadro de forma organizada para serem utilizados nos circuitos.

O trilho Din geralmente é fornecido em dois tamanhos: 2 metros e 0,5 metros. Quando são peças maiores, os eletricistas podem fazer o corte deste trilho para colocá-lo no quadro. Os quadros de disjuntores de PVC geralmente vêm com este trilho já parafusado em seu interior.


 


Barramento:


Os barramentos de neutro e terra são um conjunto de terminais ou conectores, que recebem o neutro da rede e o aterramento da instalação. Destes conectores são tirados os cabos de neutro e terra para compor os circuitos. Para melhorar a visualização do quadro de disjuntores, muitas vezes os barramentos de neutro e terra são fornecidos nas cores azul e verde, respectivamente. Eles são instalados em sua maioria, na parte inferior do quadro, para facilitar a disposição dos cabos dentro do quadro.



5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page