top of page
  • Foto do escritorMCK Energia

Centro de Controle de Motores - CCM

Atualizado: 2 de ago. de 2023


O painel elétrico, Centro de Controle de Motores (CCM), atende aos mais diversos segmentos de mercado. Possuem um alto índice de padronização, permitindo facilidade de montagem, instalação, manutenção e ampliações futuras.

O quadro CCM, é o conjunto de seções demarcadas por ter um barramento de energia comum, contendo unidades de controle do motor, o que resulta na possibilidade de várias partidas de motores.


Um centro de controle de motores pode incluir inversores de frequência, CLPs controladores programáveis e dispositivos de medição e são normalmente utilizados para acionamento de motores de corrente alternada trifásicos em baixa tensão (220 a 440 volts). Porém existem centros de controle de motores de média tensão que acionam motores a uma tensão que variam de 2300 a 15000 volts.


 

Arquitetura do painel CCM


A estrutura física de um CCM consiste em um aparato montado por meio de gavetas organizadas verticalmente, podendo apresentar diferentes tamanhos, de acordo com a potência e tipo de partida de carga. Cada coluna é alimentada por um barramento vertical que é conectado a um barramento geral horizontal único para cada fase.

São constituídos de cubículos elétricos, armários metálicos autossustentados, que podem ser do tipo TTA, totalmente testados e assegurados (Totally Tested Assembly), ou PTTA (Partially Totally Tested Assembly), parcialmente testados.

No conceito denominado TTA, o desempenho é assegurado por "ensaios de tipo", realizados individualmente nos diversos componentes (barramentos, entradas, saídas, alimentadores, partidas etc), ou nos conjuntos completos. Estes ensaios têm a finalidade de assegurar o desempenho do conjunto e de minimizar os riscos decorrentes de erros nos projetos de Engenharia. No tipo PTTA, somente alguns componentes são testados e ensaiados. Os outros são derivados de cálculos matemáticos ou inferências tomadas a partir de conjuntos similares.

A norma que regulamenta a instalação de um CCM no Brasil é a NBR IEC 60439-1 (ABNT) para Conjuntos de Controle e Manobra de Baixa Tensão com Ensaios de Tipo Totalmente Testados (TTA). Esta norma pode ser adquirida através da Associação Brasileira de Normas Técnicas.


 

Especificação


Cada controlador motor no CCM pode ser especificado com uma amplitude de opções, como transformadores de controle separados, lâmpada piloto, interruptores de controle, blocos terminais de controle extra, vários tipos de relés de proteção contra a sobrecarga térmica ou de estado sólido, várias classes de fusíveis de energia ou tipos de disjuntores. Um CCM pode ser fornecido pronto para o cliente conectar toda a fiação de campo, ou pode ser um conjunto projetado com controle interno e fiação intertravada para uma placa do painel do terminal de controle central ou controlador lógico programável (CLP). Existe ainda o Quadro de Comando de Motores (ou CCM) Inteligente, assim definido por possuir interligação lógica entre os equipamentos por uma rede de comunicação. Isso possibilita que o Painel Elétrico / Quadro Elétrico de Comando Inteligente possa ser monitorado, ter seus equipamentos configurados, monitorados ou acionados de forma virtual, ou seja, sem a necessidade do acionamento físico. O CCM Inteligente é monitorado através de um terminal de computador à distância e permite ao operador uma visão completa do processo.


 

CCM Inteligente


O centro de controle de motores inteligente apresenta as mesmas características do CCM convencional. Contudo, neste caso, cada gaveta que compõe o conjunto pode incorporar uma chave Soft-Starter, um inversor de frequência ou um relé microprocessado acrescentando funções de proteção, monitoração, controle e comunicação em rede fieldbus, modbus, ethernet, entre outras com acesso a sistemas digitais de controle e supervisão. A estes CCM´s, é dado nome de CCM´s inteligentes (CCMI).


O CCMI possui ferramentas que fornecem ao operador antecipadamente um alarme de problemas potenciais, ajuda a eliminar desligamentos desnecessários, isola falhas de modo a reduzir o tempo de parada e distribuir ou equalizar as cargas enquanto o problema está sendo solucionado, além de poder reduzir os trabalhos de fiação, necessidade de espaço e tempo de instalação.

Nessa versão Inteligente, o CCMI pode ser projetado para receber equipamentos com comunicação em rede dentro das gavetas, possibilitando que o comando e sinalização das partidas sejam conectados ao sistema de controle através de redes de comunicação industrial. As redes de comunicação são conectadas através de redes de comunicação industrial possibilitando que as gavetas sejam operadas remotamente quando as mesmas estiverem nas posições de “teste” e “inserida”. Utilizada em conjunto com a fiação de comando, facilmente pode-se implementar estratégias de acionamento do tipo local/ remoto.

12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page